Browse By

Atividade alerta para cuidados no Dia Nacional de Combate à Hipertensão

Cerca de duzentos idosos que frequentam diariamente o Centro de Convivência do Idoso, na zona Leste da capital, participaram na manhã desta quinta-feira (26) de atividade alusiva ao Dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial.
Porto Velho tem atualmente 11.232 pessoas cadastradas no programa Hiperdia, da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa). De acordo com o Ministério da Saúde (MS), essa doença atinge 30% da população brasileira, 50% delas na terceira idade.
“A nossa intenção hoje foi alertar os idosos sobre o crescente número de casos de hipertensão e orientar sobre a prevenção e os principais fatores que podem levar a pessoa a desenvolver a doença, como sobrepeso, má alimentação, sedentarismo e até mesmo o fator hereditário”, destacou Ivaneide Neves, coordenadora do Programa Hiperdia.

Atividades

A ação no Centro do Idoso iniciou com atividade laboral, música e dança. Os idosos também receberam orientações sobre os cuidados básicos para prevenir a hipertensão.
Acadêmicos de fisioterapia da Faculdades Aparício Carvalho (Fimca) participaram da ação fazendo aferição de pressão. Também teve artesanato e massoterapia.

Organização

Mas a procura maior mesmo foi pela vacina contra a gripe, já que os idosos fazem parte do grupo recomendado pelo MS para a imunização.
Além da Coordenação do Programa Hiperdia, participaram também da organização do evento, a Divisão de Imunização e o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde – ambos da Semusa. O evento contou ainda com a parceria da Secretaria de Esporte e Lazer (Semes) e da Secretaria de Assistência Social e Família (Semasf).