Browse By

Servidores participam de treinamento sobre a política estadual de gestão do conhecimento

Em apresentação no auditório da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), na manhã desta quinta-feira (7), que reuniu técnicos e servidores de vários órgãos do governo estadual, o administrador Davi Lucas da Silva Ferreira, da Superintendência Estado para Resultados (EpR), chegou a ser didático ao detalhar a operacionalidade do projeto de implantação da Política Estadual da Gestão do Conhecimento (GC), carreando e disseminando informações sobre seu conjunto.

Coordenado por Maria da Conceição Silva Pinheiro, supervisora do Núcleo Central de Formação e Gestão do Conhecimento (NCFGC), da EpR, o evento atende uma agenda ampla que se estende até meados e julho, período de avaliação do treinamento, concluindo em 20 setembro com a reunião do Comitê Estadual de Gestão do Conhecimento, integrado por técnicos e especialistas das gerências de Tecnologia da Informação (TI), Recursos Humanos (RH), Planejamento e Projetos, todos agentes públicos.

Para ela a ideia é compartilhar conhecimento, tornando informações vitais que geralmente são de domínio de poucos agentes, em informações explícitas com abrangência geral, podendo ser utilizadas por todos. Ela chegou a citar casos de servidores muito competentes que se aposentaram e levaram consigo toda experiência e conhecimento de uma vida inteira no Serviço Público, sem que toda essa bagagem tenha sido repassada a outros agentes, “o que considero um prejuízo para a gestão pública”, disse.

A coordenadora da EpR explicou que esta é a era do conhecimento, e que o estado de Rondônia tem feito grandes esforços para gerar e disseminar este conhecimento, de modo que ele possa promover a efetividade, produtividade e a sustentabilidade dos atos e ações do gestão pública, independentemente de quem a comanda. A ideia é promover e produzir atos de resultado e que sirva ao interesse público, e que não sofra solução de continuidade com a troca do comando da gestão.

Do treinamento nesta fase participaram técnicos da Secretaria de Saúde (Sesau), Secretaria de Planejamento e Gestão (Sepog), Superintendência de Patrimônio (Sepat), Superintendência de Licitações (Supel), Secretaria de Agricultura (Seagri), Agência de Defesa Agrossilvopastoril (Idaron), Secretaria de Educação (Seduc), Instituto Estadual de Desenvolvimento da Educação (Idep) e Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater).

Em fase de lançamento de um portal específico da Gestão do Conhecimento, o NCFGC já tem este endereço com todas as informações e novidades do projeto, que podem ser acessado na sessão NCFGC.