Browse By

Escolas selecionadas da rede estadual receberão apoio para atividades e ações esportivas

O governo do estado de Rondônia regulamentou a Lei nº 4.217 de 18 de dezembro de 2017, que institui o Programa de Apoio Financeiro ao Esporte Escolar (Proafespe, destinado a subsidiar as escolas de rede pública estadual de ensino, criando Centros de Treinamentos de Desporto Escolar , o CTDE Time Rondônia.

Segundo o chefe do Núcleo de Esporte Escolar da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), professor Expedito Santana, 16 instituições escolares no estado terão o projeto implantado. “Essas instituições receberam infraestrutura para desenvolver o projeto e ainda vão receber um valor anual para manutenção”, explicou o professor.

A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio João Bento da Costa em Porto Velho é uma das instituições de ensino atendida com o programa. As Coordenadorias Regionais de Ensino (CREs) indicam as escolas que vão desenvolver o programa, levando em conta a infraestrutura já existente na instituição. É o caso da Escola João Bento da Costa, que já tem piscina e agora já está sendo construído vestiário completo, além de cobertura das arquibancadas e iluminação da área da piscina, para que as aulas possam ser ministradas também a noite.

O professor de natação da Escola João Bento da Costa, Paulo Siqueira, que já desenvolve o projeto de natação para alunos da rede pública há 18 anos, ficou feliz com a criação da lei que institui o Programa de Apoio Financeiro ao Esporte Escolar, criando Centros de Treinamentos de Desporto, “pra nós é muito importante, pois o nosso projeto já tem 18 anos e saber que teremos melhorais na infraestrutura e ainda recurso para manutenção a ano todo, com certeza teremos um ganho muito grande, sem falar que poderemos atender mais alunos”, ressaltou o professor.

Paulo Siqueira disse que com a aprovação da lei o projeto passa a ser um programa de governo, isso dá tranquilidade, pois não terá interrupções, a lei garante isso. E saber que a escola irá receber recurso para manutenção da piscina e também compra de material pedagógico e esportivo, é muito bom”, enfatizou. O professor também falou da importância da prática esportiva na vida do aluno, “tem aqueles que se destacam na natação, não é a gente que escolhe é genética, muitos alunos foram revelados em nosso projeto”, destacou.

Sueli Cordeiro Muller é mãe do Enzo Eduardo Muller, de 6 anos. Ela explica que o filho começou a fazer natação há 1 ano, por recomendação médica, pois o menino tem asma e nesse período aprendeu a nadar, sem falar que as aulas que pratica duas vezes na semana ajuda a perder peso. Enzo é aluno da Escola Municipal Herbert de Alencar, mas é atendido pelo projeto na escola da rede estadual de ensino. O projeto atende alunos da rede municipal, estadual e federal de ensino.

O técnico do Núcleo de Esporte da Seduc, Clênio Marcelo Pereira Araújo, explica que o valor do recurso a ser recebido por cada escola que desenvolve o projeto, depende da quantidade de modalidades esportivas que irão desenvolver. Unidades com até duas modalidades, vão receber R$ 6 mil reais, de três a quatro modalidades, R$ 10 mil reais, com cinco ou mais modalidades, R$ 12 mil reais.

Confira a relação de escolas que serão beneficiadas com os Centros de Treinamentos de Desporto Escolar no estado:

– E.E.E.F.M. Ulisses Guimarães – Porto Velho

– E.E.E.F.M. Marcelo Cândia – sub-sede 1 – Porto Velho

– E.E.E.F.M. João Bento da Costa – Porto Velho

– E.E.E.F.M. Major Guapindaia – Porto velho

– E.E.E.F.M. Duque de Caxias – Centro Desportivo Paralímpico – Porto Velho

– E.E.E.F.M. Anísio Teixeira – Ariquemes

– E.E.E.F.M. Gonçalves Dias – Ji-Paraná

– E.E.E.F.M. Carlos Gomes – Cacoal

– E.E.E.F.M. Marechal Cordeiro de Farias – Pimenta Bueno

– E.E.E.F.M. Maria Arlete Toledo – Vilhena

– E.E.E.F.M. Simon Bolívar – Guajará Mirim

– E.E.E.F.M. Plácido de Castro – Jaru

– E.E.E.F.M. 28 de Novembro – Ouro Preto

– E.E.E.F.M. Buriti – Buritis

– E.E.E.F.M. Campo Sales – São Francisco do Guaporé

– E.E.E.F.M. Cândido Portinari – Rolim de Moura.