Browse By

Linha de crédito do BNDES deve beneficiar município de Guajará-Mirim

Na quinta-feira (22) o governador de Rondônia, Confúcio Aires Moura (MDB), esteve em Brasília para audiência no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) com o diretor de relações com o Governo, Ian Ramalho Guerriero. No encontro foi discutida a necessidade de abertura de uma linha de crédito especial para financiar a implementação de indústrias nas cidades que compõem a Zona Franca Verde da Suframa, na qual Guajará Mirim está inserida.
Acompanhado do diretor executivo da Superintendência Estadual de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (Sedi), Pedro Teixeira, da secretaria da Representação de Rondônia, em Brasília, Elizete Lionel, Confúcio apresentou para Iam Ramalho o modelo de desenvolvimento regional com abrangência nos Estados da Amazônia Ocidental, composto por quatro estados, e Amapá. Este último, apesar de não fazer parte da Amazônia Ocidental integra o modelo de desenvolvimento da Zona Franca Verde.
O foco da apresentação do governador se deu especialmente nos municípios que albergam as Áreas de Livre Comércio, representados pelos municípios de Tabatinga, no Estado do Amazonas; de Guajará-Mirim, no estado de Rondônia; Macapá-Santana, no Amapá; de Brasiléia, com extensão para o município de Epitaciolândia e de Cruzeiro do Sul, no Estado do Acre; e, finalmente, Boa Vista e Bonfim, no estado de Roraima.
De acordo com Pedro Teixeira, da Sedi, Ian Ramalho Guerreiro se solidarizou com o pleito do governador de Rondônia e com a necessidade de investimentos na região Amazônica em ações de desenvolvimento sustentável.