Browse By

Flordelis: MP cita ataque a bomba e pede monitoramento por tornozeleira

O MP-RJ (Ministério Público do Rio) pediu à Justiça que a deputada federal Flordelis (PSD-RJ), denunciada sob a acusação de ter sido a mandante do assassinato do próprio marido, seja monitorada com o auxílio de tornozeleira eletrônica. Ela só não foi presa pela suposta ligação com a morte do pastor Anderson do Carmo, morto a tiros em junho de 2019, porque tem imunidade parlamentar.

No pedido, feito na última sexta-feira (11), o órgão citou a dificuldade da Corregedoria da Câmara para localizá-la após duas tentativas e o atentado a bomba denunciado por uma testemunha do crime, que ocorreu na madrugada de 4 de setembro. Segundo o MP-RJ, a liberdade plena de Flordelis causa intranquilidade em todas as testemunhas ouvidas no caso.
Fonte UOL